Pastel de Tentúgal


Convento Tentúgal Reza a história que os afamados Pastéis de Tentúgal terão surgido por causa da bondade natalícia de uma freira carmelita que, em finais do século XVI, presenteando os meninos da terra com iguarias, resolveu experimentar rechear a massa muito fina com doce de ovos. Estes requintados presentes eram igualmente oferecidos a bem feitores do Convento das Carmelitas, assim como a indivíduos da alta sociedade portuguesa, recolhendo de todos os maiores elogios.

Assim sendo, os Palitos Folhados (como eram antes designados) faziam parte do receituário da doçaria do Convento das Freiras Carmelitas, do Carmelo de Tentúgal.

O seu aspecto e gosto refinado, a qualidade e sobretudo a divulgação dos Palitos Folhados, levaram à alteração da sua designação logo nos primeiros tempos, associando ao “Pastel”, o nome da vila, criando e popularizando assim o “PASTEL DE TENTÚGAL”.

Nos anos 20 a 40, os Pastéis de Tentúgal tiveram grande incremento e divulgação, devido às frequentes visitas da classe abastada e de professores e estudantes da Universidade de Coimbra.

Pastel de Tentúgal Pastelaria JesuínaAs apreciadas características dos Pasteis de Tentúgal encontram-se no folhado fino e estaladiço, único na doçaria portuguesa e no recheio de ovos.

A confecção dos Pastéis de Tentúgal é muito sensível e a sua qualidade pode sofrer alterações com as características das farinhas, ovos e condições climatéricas, assim como com a componente humana, em que a “Doceira” tem influência primordial em toda a sua confecção.

Importa referir que em 2004 foi criada a Associação dos Pasteleiros de Tentúgal. Esta associação tem como objectivos proteger a genuidade dos Pastéis de Tentúgal e simultaneamente promover a actividade comercial, incentivando a qualificação profissional.

Em 2007 foi criada a Confraria da Doçaria Conventual de Tentúgal, cujos principais objectivos são desenvolver e publicitar todas as riquezas históricas e culturais da vila de Tentúgal, dando especial destaque aos Pastéis de Tentúgal, como não poderia deixar de ser.

Os Pastéis de Tentúgal estão actualmente em processo de certificação, o que será fundamental para garantir a qualidade e autenticidade únicas deste doce conventual. Pretende-se também que a confecção dos Pastéis de Tentúgal seja exclusiva do local que os viu nascer – Tentúgal.

Convento TentúgalA qualidade dos Pastéis de Tentúgal depende dos “Saberes”, da sua confecção e da sensibilidade de quem os aprecia. Como todos os doces, a sua famosa receita continua a ser um tesouro para quem a detém, guardada a sete chaves num saber envolto em secretismo…

A Pastelaria Jesuína Teixeira é membro da Associação de Pasteleiros de Tentúgal e da Confraria da Doçaria Conventual de Tentúgal, participando activamente na promoção e preservação deste doce tesouro…

Processo de Fabrico

 

Queijada de Tentúgal


Queijadas Pastelaria JesuínaAs queijadas de Tentúgal, tal como os pastéis, são considerados doces conventuais,dado que a suas Queijadas - Pastelaria Jesuína origem remonta aos conventos existentes na vila de Tentúgal.

Os conventos de Tentúgal serviam também para receber hóspedes da alta sociedade, que por ali passavam, e como tal havia necessidade de os presentear com refinados doces característicos da vila. Sendo assim, as freiras dos conventos, ao longo dos tempos foram apurando os seus dotes e criando noves doces únicos, entre os quais, as queijadas de Tentúgal, a troco de recompensas monetárias.

Queijadas Pastelaria JesuínaProgressivamente, estes saberes foram partilhados no seio dos conventos, entre as freiras e as noviças e foram evoluindo ao longo dos tempos, também com a introdução de novos ingredientes. Actualmente estamos perante um doce com uma forma muito peculiar e um sabor muito requintado e sublime…



Queijadas Pastelaria Jesuína
Importa referir que o nome de queijada não foi atribuído a este doce ao acaso, bem pelo contrário, advém do seu principal ingrediente – o queijo, que associado aos restantes ingredientes (farinha, ovos, açúcar, leite e água) lhe confere um sabor único e delicioso… 

Não deixe de provar este doce conventual.

Processo de Fabrico

 

Barriga de Freira


Barrigas de Freira Pastelaria JesuínaAs barrigas de freira são consideradas um doce regional, com a forma peculiar de meia-lua e que resulta de uma combinação perfeita de uma massa tenra com um recheio de ovos. Este doce de ovos tem na sua essência amêndoa moída, o que lhe confere um sabor muito característico e irresistível.
Venha deliciar-se com este doce de amêndoa...

Processo de Fabrico

 

 

Delícia de Amêndoa


Delícias de Amêndoa Pastelaria JesuínaA delícia de amêndoa foi criada na Pastelaria Jesuína, pelas mãos da própria proprietária, há sensivelmente 10 anos.
Tal como o nome indica, trata-se realmente de um doce delicioso de amêndoa, já que a sua essência é a amêndoa, embora conjugada com recheio de ovos…
O seu aspecto doce e brilhante convida qualquer um de nós a experimentar esta verdadeira delícia...

Processo de Fabrico
Pastelaria Jesuína

Pastelaria Jesuína

Pastelaria Jesuína

Pastelaria Jesuína

Pastelaria Jesuína

Pastelaria Jesuína

Pastelaria Jesuína

Pastelaria Jesuína

COPYRIGHT © 2017 | PASTELARIA JESUÍNA
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.